feijao saúde

Tradicional da culinária brasileira, o feijão tem alto valor nutritivo e contribui para a sensação de saciedade, ajudando no processo de emagrecimento

Feijoada, caldinho ou feijão cozido e bem temperado. São várias as formas de preparar este alimento, que traz muitos benefícios à saúde. Rica em fibras e minerais, a leguminosa ajuda na prevenção de uma série de males. E sua ação não para por aí. Veja por que apostar no grão para se livrar dos quilinhos extras sem passar fome.

Efeito emagrecedor

O fato de ser pouco calórico conta muitos pontos a favor do feijão. Afinal, uma concha generosa do grão tem apenas 95 calorias (é menos do que tem um pão francês!). Mas o que faz a diferença é sua capacidade de saciar a fome. Isso se explica: quando ingerimos proteína (e o feijão tem muita), nosso cérebro entende que já estamos satisfeitas e que é hora de parar. Resultado: comemos menos e ficamos bem nutridas quando o consumimos.

O grão ajuda a combater…

Anemia
É fonte de ferro, que evita o risco da anemia, principalmente a ferropênica. Combine alimentos que contenham vitamina C, como laranja, para que o organismo absorva ainda mais o mineral. Evite misturar leite e laticínios em geral com feijão. Eles contêm cálcio, que atrapalha a absorção de ferro.

Colesterol
Suas fibras, além de regularem o intestino, auxiliam na diminuição do risco de doenças cardiovasculares, diabetes e colesterol alto.

Câncer
Possui várias substâncias antioxidantes (como vitaminas e minerais), importantes para reduzir a incidência da doença.

Feijão para todos gostos

Conheça seus vários tipos e colorações…

Preto
Consumido no Sul e no Sudeste, é essencial na feijoada. Branco É mais indicado em receitas de saladas e na dobradinha.

Carioca
O mais consumido no Brasil. Ideal para cozidos.

Rosinha
Pequeno e rosado, absorve os temperos e fica ótimo em farofas, ensopados e cozidos.

Feijão-de-corda
Parceiro do arroz no prato nordestino baião de dois e no acarajé.

Mulatinho
Perfeito para o preparo do feijão-tropeiro.

feijão arroz

Mais Benefícios do Feijão para Saúde

Feijão é o eterno companheiro do arroz na mesa do brasileiro é uma das principais fontes de proteína da população. O feijão é uma boa fonte de fibra para baixar o colesterol, com isso ele evitar que os níveis de açúcar no sangue subam muito rapidamente após uma refeição. Outra Benefícios do Feijão é o seu baixo teor de gordura e sódio. Quando combinados com cereais integrais, como o arroz, o feijão fornece uma proteína de qualidade praticamente livre de gordura. Aqui estão os 9 Benefícios do Feijão que podem fazer você querer incluí-los em sua dieta em uma base regular.

FeijãoPrevenção do Câncer: Feijão é rico em manganês que em seu aspecto ajuda na defesa do corpo em forna de antioxidantes. O essencial da enzima oxidativa superóxido dismutase, responsável para desarmar os radicais livres na mitocôndria (as potências das células). No topo de que, a vitamina K do feijão pode proteger células de stress oxidativo, reduzindo as possibilidades de cancer.

Função Cerebral: A vitamina K no feijão oferece excelentes benefícios para o cérebro e ao sistema nervoso. A bainha de mielina, ou o invólucro exterior em torno do nervo, necessita de uma gordura denominada esfingolípidos para formar adequadamente.
Vitamina K é conhecida como um essencial para a síntese dos esfingolípidos, e, por conseguinte, adequada para a função cerebral e nervosa. Feijão também é uma boa fonte de tiamina, que é crítico para as células do cérebro e a função cognitiva. Esta vitamina é necessária para a criação de acetilcolina, um neurotransmissor utilizado para a memória e a falta de que é um fator significativo na senilidade e doença de Alzheimer.

Açúcar no Sangue: A fibra solúvel do feijão diminui a taxa de metabolismo do carboidratos do feijão, o que impede os níveis de açúcar no sangue rapidamente após uma refeição. o alto Teor de proteína do feijão também contribui para este efeito.

Desintoxicação: sulfitos são um conservante normalmente adicionados aos alimentos preparados, tais como saladas finas e saladas comuns. À semelhança de outros grãos, O feijão contêm altos níveis de molibdênio mineral, um componente chave da enzima sulfito oxidase, cuja função é desintoxicar sulfitos. Isso é importante para as pessoas com alergias a sulfito que estão apresentando sintomas como dor de cabeça ou batimento cardíaco acelerado.

Saúde do Aparelho Digestivo: A fibra insolúvel do feijão ajuda a manter a regularidade intestinal, aumentando o volume das fezes. A fermentação da fibra dietética no intestino grosso também ajuda a manter as boas bactérias no trato digestivo. Evacuações regulares estão associados a um menor risco de câncer de cólon.

Benefícios para o Cardiovascular: O alto teor de fibra do feijão é responsável por seu poder de baixar o colesterol. O folato ajuda a baixar os níveis de homocisteína, que está associada com um risco aumentado de acidente vascular cerebral, ataque cardíaco, e doença vascular periférica. O alto teor de magnésio encontrados em feijão contribui para um sistema cardiovascular saudável.

Fonte de Energia: Feijão é rico em ferro, o que ajuda a aumentar os seus níveis de energia. O ferro é necessário para o metabolismo e a produção de energia do corpo e ajuda a mover o oxigênio por todo o corpo. O manganês do feijão também é um importante contribuinte para a produção de energia do corpo.

Rico em Proteínas: feijão é uma ótima fonte de proteína, proporcionando um nível de proteína comparável ao encontrado na carne ou produtos lácteos. Quando grãos são combinados com o arroz, que formam uma proteína completa.

Força Óssea: O manganês e cálcio no feijão trabalham lado a lado para manter os ossos fortes e, juntamente com outros minerais podem ajudar a prevenir a osteoporose. Feijão também é uma ótima fonte de folato. A pesquisa mostrou que pequenas quantidades de ácido fólico na dieta levam a um aumento nos níveis de homocisteína e aumenta significativamente o risco de fraturas ósseas relacionadas com a osteoporose, fratura de quadril particularmente em homens e em mulheres.
A vitamina K também pode ser um nutriente essencial para a saúde óssea. As pessoas que não consomem vitamina K têm um maior risco de sofrer fraturas ósseas. A vitamina K também e benéfica para mulheres que passaram pela menopausa e já começaram a experimentar a perda óssea.

Se gostou do Artigo, peço que curta, compartilhe com os amigos e se inscreva no canal, pois sempre estarei postando coisas sobre Saúde e bem estar.

 

Assista a este vídeo sobre alimentação saudável e saúde:

 

ATENÇÃO!

Este artigo não substitui em nenhuma hipótese a consulta e orientação Médica e Terapêutica especializada.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *