reflexologia-podal1

Reflexologia Podal é uma técnica muito antiga, datando de aproximadamente 5.000 anos, praticada e desfrutada por diversas culturas….

Esta técnica de massagem nos pés, local onde se encontram pontos que correspondem aos órgãos vitais e regiões de todo corpo – como um mapa em miniatura do nosso organismo. A técnica baseia-se na livre circulação de Energia Vital, dado que a sensibilidade ou dor em algum ponto é um sinal de alerta, representando um desequilíbrio de energia.

Com o uso das pontas dos dedos são realizados estímulos nos pontos energéticos e zonas reflexas dos pés. Oferecem a possibilidade de alcançar todas as regiões corporais, proporcionando novas sensações para quem recebe.

Trata-se da arte de curar através do toque nos pés, seguindo o princípio de que todos os órgãos do corpo, inclusive o cérebro, estão conectados através de canais de energia, ativadas em pontos em nossos pés. Portanto, quando nossos pés estão cansados, assim está nossa mente e corpo.

Aplicando pressão nos terminais nervosos ocorre um estímulo reflexo de um órgão do corpo no Sistema Nervoso Central (SNC), que imediatamente inicia uma gama de atividades internas verificando o estado e o funcionamento do órgão que está sendo estimulado.

A reflexologia podal, conhecida como massagem chinesa dos pés, é uma terapia que pode trazer vários benefícios para o organismo equilibrando-o e fazendo uma manutenção da saúde, auxilia na redução do estresse, como em outras patologias, inclusive em pacientes com câncer, verificado em estudos.

É uma terapia considerada alternativa, reconhecida pelo Ministério da Saúde, muito acessível, porém pouco conhecida, mas de grande eficácia. Tem grandes vantagens, pois não necessita de grandes gastos e espaços para ser realizada. Pode ser incorporada a outras terapias, como reiki, shiatsu dentre outras.

Objetivos

Preventivo; Identificar uma má função antes do seu aparecimento sintomático; Conservar o corpo saudável, relaxar corpo e mente.

Observação

Quem aplica a Reflexologia tem que ter uma sensibilidade apurada no toque, para perceber que quando uma pessoa relata dor nos pontos reflexo não quer dizer necessariamente que exista algum mal específico isto é um ponto de energia estagnada e quanto mais obstruído mais dor vai sentir. Porém é sinal de alerta, um aviso que a frequência vibratória do campo eletromagnético desse pedaço de órgão está em disfunção e no toque dá para perceber essa irregularidade.

Antes de iniciar a sessão de reflexologia recomenda-se aplicar um escalda pés para deixar a pessoa mais relaxada e os pés mais sensíveis ao toque.

Indicações da reflexologia podal

Indicada para pessoas estressadas, tensas, nervosas, com problemas de circulação sanguínea, problemas hormonais, diversos tipos de dores e desequilíbrio do sistema.

O estresse é a maior causa de doenças cardíacas, enxaqueca, dores musculares, nervosismo e depressão. Quando o estresse é tratado, o corpo se livra desses sintomas sem a necessidade de remédios químicos que só mascaram o problema e nos tornam dependentes.

Entre outras indicações comuns temos:

Prisão de ventre
Alteração da pressão arterial
Constipação
Dor na coluna
Labirintite
Inchaço nas pernas
Cálculos renais
Asma
Hipertensão
Colesterol
Tireoide
Inflamação
Equilíbrio de cálcio
Contraindicações da reflexologia podal

As contraindicações da reflexologia se aplicam em casos de pessoas com diabetes que apresentem machucados nos pés, mulheres em gestação, pessoas que fazem uso do marcapasso, pessoas em processos de alergia na pele ou dermatite, pessoas que apresentam varizes expostas, trombose ou fraturas.

Em casos de pessoas com diabetes o tratamento se torna inviável devido aos coágulos de sangue que facilmente se criam nas veias do corpo do doente. Esses coágulos sanguíneos não devem ser deslocados, como propõe a reflexologia podal.

Na reflexologia podal estimula-se a circulação sanguínea para que todos os órgãos possam ser capazes de receber os nutrientes presentes no sangue, e, para que ocorra a liberação de toxinas, o que no caso de diabéticos não seria o recomendado.

Tempo de aplicação

As sessões duram de 30 a 60 minutos.

O intervalo entre cada sessão de tratamento deve ser de sete dias. São recomendadas pelo menos dez sessões.

 

Faça você uma automassagem

De preferência sentado, role uma bola de tênis no chão, sob a sola do pé, procurando massagear todas as áreas, incluindo os dedos. Vai sentir que alguns locais são mais dolorosos que outros.

Outro método, seria você sentado, faça massagem em um dos seus pés, com as duas mãos, em seguida, perceba onde estão os pontos doloridos no pé.

Verifique no mapa dos pés qual a área correspondente no corpo e siga as dicas de manobras que deixo pra vocês.

mapa-pés

Dica de manobras para fazer a reflexologia podal

Harmonização é quando você sentir cristais, significando que está começando a estagnar energia, faça movimentos de rodar com um pouco de pressão no local no sentido horário até sentir que sumiram ou até sentir que é necessário.

Tonificação é quando você sentir um buraquinho, que significa falta de energia, faça movimentos de bombear como se você estivesse “enchendo” um pneu, aperta e solta no mesmo ponto pelo menos umas 10 vezes ou o quanto sentir que é necessário.

Sedação é quando você sentir uma bolinha dura, significando excesso de energia, faça o movimento de “murchar” o pneu, aperta e segura contando até 10 ou quanto sentir que é necessário.

Atenção! Se estiver muito dolorido vá com calma, aos poucos, respeite os limites do seu corpo e siga sua intuição.

 

ATENÇÃO!

Este artigo não substitui em nenhuma hipótese a consulta e orientação Médica especializada

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *