osteopatia-no-tratamento-da-cervicalgia-cronica
Localizadas mais precisamente na região da coluna cervical, as dores da Cervicalgia normalmente se manifestam no pescoço, podendo irradiar para a cabeça e membros superiores, causando assim a sensação de queimação, formigamento e muitos nódulos na região afetada.
 
Alguns fatores como o stress do dia-a-dia, cansaço, tensão muscular (também por motivos emocionais) e manter a mesma postura por tempo prolongado podem ser agentes causadores das dores cervicais.
 
Curiosidades:
 
>> As pessoas que sofrem com dores crônicas no pescoço geralmente acordam sem dor, sendo acometidas pelo desconforto e pela sua progressão ao longo do dia;
 
>> Algumas pesquisas indicam que as dores cervicais estão cada vez mais associadas ao uso excessivo dos recursos tecnológicos;
 
>>Tarefas domiciliares que exigem a repetição de movimentos, também podem agravar os casos de Cervicalgia.
 
 
Tratando as dores cervicais através de uma série de manobras e movimentações manuais, a Osteopatia proporciona condições para reequilibrar o organismo do paciente. Atuando com a manipulação, alongamento, mobilização e mobilidade para as vísceras, é possível regular a mecânica das articulações, órgãos e tecidos afetados pela Cervicalgia e assim proporcionar a regressão dos sintomas.
 
Ao identificar o bloqueio articular que gera a sobrecarga da coluna cervical, as técnicas osteopatas conseguem devolver a mobilidade àquela articulação e automaticamente com o alívio da sobrecarga, evita desalinhamentos posturais adaptativos e futuros processos degenerativos.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *